CONFRARIA • Filhos & Amigos de Arapiraca

NOTÍCIAS

24 de Jun de 2018 as 15:00

As lembranças das noites de São João

As lembranças das noites de São João vêm com toda carga, o peito aperta. Saudades das nossas fogueiras, das comidas de milho da inocência em acreditar que as advinhações em volta da fogueira daria uma pista do futuro marido (rsss).

Saudades da nossa casa no bairro Cacimbas em Arapiraca, da fogueira acesa pelo nosso pai, das palhas de milho tiradas uma a uma para o preparo da pamonha e da canjica. Em frente ao fogão, um relógio para marcar uma hora após a fervura do milho ralado um a um. Segredos da nossa mãe: "- Se não cozinhar uma hora após a fervura, não fica saborosa"....

Saudades do nosso tio José Francelino, Tio Zeca, que trazia nossos fogos. Éramos felizes, havia harmonia na Rua Benicio Alves, entravamos nas casas uns dos outros sem marcar hora, sem pedir licença.

A festa continua, as tradições são mantidas, porém, não com o mesmo calor, o mesmo sabor de uma época que não havia perigo de sentarmos nas calçadas, dançar até o sol raiar e se encantar com os pingos de vela na bacia que após rezarmos uma Salve Rainha até nos mostrai, formaria a primeira letra do ente querido com quem formaríamos uma famíla.

Que bom que tivemos o doce privilégio de viver tudo isso e guardar na alma uma infância tão presente.

Texto de Wilma Nóbrega